Contarei para vocês um causinho meu, bem particular e quase secreto, sobre bolhas.
Como vocês já devem estar carecas de saber e se não estão, ficarão agora (sai para lá!), sou uma contrabaixista de música erudita, de muito arco e de alguns pizzicatos raquíticos de orquestra.
Anos atrás, fui chamada para tocar uma peça longa e jazzística, que se traduzia em 48 minutos aproximados de pizzicato e dois minutos de arco, com umas duas semanas para “ambientar” os dedos da mão direita.
Driblei a primeira leva de bolhas, mas no ensaio geral eu já estava fazendo pizzicato até com o dedo mindinho, porque não tinha mais dedo que prestasse.
Ensaio geral assim é um mau presságio de bolhas indomadas na apresentação.
Dito e feito. No dia da apresentação eu estava um lixo de bolhas e, o que é pior, com um capacete de esparadrapo em cada dedo. Lindo, não é mesmo?
Durante a música, o tal capacete virou caramujo e começou a melar as cordas, e a gosma terminou por arrancar a camuflagem dos dedos uma a uma.
Terminei a apresentação com os dedos em carne viva, sangrando e cheios de gosma de esparadrapo, mas endorfinados e felizes com o resultado musical.
A euforia acabou quando cheguei em casa. Os dedos já estavam prontos para virar churrasco, ainda mais tendo que colocá-los cinco vezes ao dia na salmoura para curar as feridas.
Dez dias depois, aparece o calo retardado…
Meses depois disso, e nenhum calo mais de pizzicato à vista, me chamam para repetir a peça, só que com sete dias de antecedência…
Dois dias e muitas bolhas antes da apresentação, ligo para um colega contrabaixista pedindo um help urgente:
- Você conhece algum remédio para secar bolha?
- Passa o talco x.
- Talco? Isso seca rápido a bolha?
- Quando é a apresentação?
- Daqui a dois dias!
- Putz! Só super-bonder dá jeito nisso!…
O que a gente não faz por amor à arte e às apresentações sem cachê?
Aí, submeti meus dedos ao humilhante papel de pãozinho amanteigado com super-bonder, previamente colocada num pedaço de papel alumínio.
Resultado: meia hora de autonomia descascante gradativa dos dedos, 20 minutos de empolgação com pizzicato sem super-bonder, três dedos em carne viva no final e um esporro médico três dias depois.
Mas a música estava uma delíiicia, gente!…

Licença Creative Commons
Orientacoes Contrabaixisticas by Voila Marques is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

« »