Postagens de março, 2012


Quando a gente pensa em estudar contrabaixo, uma dúvida frequente é sobre a necessidade de comprar um contrabaixo:

“Compro ou não compro um contrabaixo para estudar?”
Se for comprar, compre logo, enquanto você ainda tem excesso de disposição e/ou dinheiro para isso.
Se não for comprar, alugue um ou arranje um emprestado.

Se você não for bem sucedido nas opções acima, aproveite para se matricular em uma escola de música que tenha contrabaixo disponível para estudo e, se possível, que tenha um professor de contrabaixo legítimo, e não um professor genérico de contrabaixo (violinistas, violistas, violoncelistas, tubistas, trombonistas, pianistas, etc, que ensinam contrabaixo).

Depois disso, arranje dois horários por semana, no mínimo, para ir à escola estudar.
Ainda não criaram o curso de contrabaixo da Nasa, para que você o aprenda dormindo, a exemplo de uns controvertidos cursos de idiomas.

Eu até acredito que algumas soluções musicais possam acontecer em sonho, mas sair tocando o que você não estuda ou nunca estudou, é bem pouco provável de acontecer…

Sendo assim, se você quer ser contrabaixista, haverá necessidade de algum investimento, nem que seja de disposição para estudar.

“Vale a pena comprar um contrabaixo barato e de qualidade ruim?”
Você não está sem grana e precisando de um contrabaixo baratinho?
Quando você resolver vender o seu contrabaixo baratinho, alguém estará precisando de um, da mesma forma que um dia você precisou.

Contrabaixistas abastados são exceção, assim como estudantes de contrabaixo ricos.

O contrabaixo pode ser o amor da sua vida mas, mesmo assim, você deve pensar no seu bolso na hora de comprá-lo. O coração não costuma fazer bons investimentos financeiros.

A compra do contrabaixo é um investimento e deve se pagar por ele o preço, no máximo, justo.

Se você puder comprá-lo por um valor menor que o justo, melhor para você e pior para quem o está vendendo, mas quando se vende um instrumento se sabe que o valor depende de oportunidade, e da velocidade com que se precisa vendê-lo.

Quando se vende o contrabaixo, deve se tentar vendê-lo pelo valor, no mínimo, justo.

Se você conseguir vender o seu contrabaixo por um valor acima do mercado, melhor para você e bem pior para o otário que um dia terá dificuldades para encontrar um semelhante.

Para evitar problemas e dores de cabeça no futuro, procure se certificar da qualidade e da procedência do instrumento, e evitar eventuais problemas, às vezes “ocultos”, levando o elefantinho almejado a um luthier, ou a seu professor, ou mesmo a um colega contrabaixista que entenda bem de contrabaixos.

Um contrabaixo de boa qualidade, com problemas graves de falta de manutenção (afundamento de tampo, deslocamento da barra harmônica, braço empenado, rachaduras grandes, etc.), por exemplo, é certeza de gastos extras um dia.
Dependendo do grau do problema, ele pode apresentar problemas de repente e te atrapalhar, e muito.
Essas coisas sempre acontecem quando se tem um monte de despesas para pagar.

Se você não vai conseguir bancar gastos excessivos, é mais seguro optar por um instrumento dentro do seu orçamento, incluindo nisso as despesas com a manutenção do fofo.

“Mas não é melhor comprar logo um contrabaixo bom para estudar?”

Se você tiver possibilidades e certezas, sim.

Agora, se você for como a maioria dos estudantes, que ainda não têm muita certeza do real interesse em ser contrabaixista e, aliado a isso, ainda está sem dinheiro, console- se com um contrabaixo simplesinho. Além de se livrar de dívidas inconvenientes, poderá ser mais fácil dele ser vendido, caso você desista de estudar contrabaixo, ainda mais se você desistir na vigência das dívidas.

Se você optar por comprar um contrabaixo melhor, continue pensando no lindo como um investimento. Já que você vai gastar dinheiro com isso, pense também em comprar um contrabaixo não descartável, que fique bastante tempo com você, ou que possa no futuro vir a ser o seu segundo contrabaixo. É sempre bom ter mais de um. Muitas das vezes, você precisará de um em casa para estudar, e de um na “rua”, para trabalhar (orquestras, shows, casamentos, etc.).

“Mas não é melhor ter um contrabaixo ruim para estudar, porque quando se comprar um instrumento bom, aí fica tudo mais fácil de ser tocado?”

Penso que ter um contrabaixo bom na vida é uma oportunidade que você teve ou está tendo para isso.

Ter um contrabaixo ruim é uma falta de oportunidade de ter um contrabaixo bom, ou uma oportunidade para isso que foi desperdiçada.

E oportunidade é oportunidade. Se possível, você aproveita e pronto!

Para quem tem um contrabaixo ruim, deve ser um consolo e uma esperança saber que um dia as coisas vão melhorar com um contrabaixo melhor. Até a disposição para estudar muda!

Quem tem um contrabaixo bom logo no início só antecipou essa situação.

Agora, ficar com um contrabaixo ruim, ao invés de um melhor, porque isso vai torná-lo um contrabaixista melhor, é uma penitência incerta.

Você já toca um instrumento grande, ruim de carregar, que fica fazendo pum-pum-pum no fundo de uma orquestra, e você ainda quer tocar num instrumento ruim para melhorar como contrabaixista?

Conselhito: fique com o contrabaixo bom e arranje um chicote para as suas horas mais masoquistas, ou vá estudar mais para se penitenciar do pecado de ter gastado uma grana num… contrabaixo!…

Sabe aquele ditado que diz “junte-se aos bons e seja um igual”?

Junte-se ao contrabaixo – bom ou não-, e seja um contrabaixista…

Licença Creative Commons
Orientacoes Contrabaixisticas by Voila Marques is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License.

As inscrições para os concursos da Prefeitura Municipal de Resende, Rio de Janeiro, foram prorrogadas, e oferecem um total de 393 vagas para cargos de nível fundamental, médio/técnico e superior.

Podem participar candidatos dos níveis fundamental, médio/técnico e superior, e os vencimentos variam entre R$ 724,65 a até R$ 2.101,48.

O salário do Professor IV Música - Contrabaixo Acústico (upright bass), 20 horas, é de R$ 1.050,74.

Dentre os benefícios estatutários (editais 001, 003 e 004/2012) haverá o cartão alimentação para quem recebe até R$ 950,00; vale-transporte para servidor que reside entre 2 e 75 km do município; salário família e adicional por tempo de serviço (a cada ano efetivamente trabalhado).

Há seis editais, cada um direcionado a um grupo de cargos.

Edital Nº 003/2012
Entre diversos cargos, há o de Professor IV (Ciências, Geografia, História, Matemática, Música, Música - Contrabaixo Acústico (upright bass), Música - Violino, Música - Violoncelo).

As inscrições deverão ser feitas através do site da Fundação BIO-RIO, organizadora do certame, até o dia 01 de abril de 2012.

O endereço da Fundação é http://concursos.biorio.org.br/, e a taxa a ser paga poderá ser de R$ 5,00 a R$ 25,00. Para professor de contrabaixo a taxa é de R$ 15,00.

Há também um posto de inscrição com computadores conectados, localizado na Rua Augusto Xavier de Lima, Jardim Jalisco - Resende/RJ, ao lado da Entrada da Prefeitura, em frente ao Colégio Salesiano no Estádio do Trabalhador. Lá, os interessados terão até o dia 30 de março de 2012 para se inscrever, no horário das 09h00min às 12h00min e das 13h3Omin às 16h00min, de 2ª à 6ª feira.

Provas

Independente de qual seja a opção por cargo, todos farão prova objetiva, porém em datas diferenciadas. A prova objetiva dos concorentes aos cargos listados nos editais 01/2012 e 004/2012 terá 3 horas de duração e será realizada provavelmente no dia 15 de abril de 2012 pela manhã, em locais definidos e divulgados até o dia 03 de abril de 2012. A divulgação do gabarito será feita no dia 16 de abril de 2012.

As provas objetivas para os candidatos aos cargos constantes dos editais 002/2012, 003/2012 e 005/2012 estão previstas para o dia 22 de abril de 2012, em locais definidos e divulgados até o dia 13 do mesmo mês, sendo divulgados os gabaritos preliminares no dia 23 de abril de 2012. Farão prova na mesma data os candidatos aos cargos de Técnico Previdenciário e Médico Perito (Edital 006/2012), com duração de 4 horas.

As provas serão realizadas na própria cidade de Resende e todos os candidatos deverão acessar a página da organizadora previamente, para confirmarem as informações sobre estes eventos.

Após a divulgação das homologações finais, o concurso valerá por dois anos, mas poderá ser prorrogado por igual período.

Para ler o Edital 002, clique aqui.
Para ler todos os Editais, clique aqui.

 LIPE PORTINHO - contrabaixo
AUGUSTO MATTOSO - contrabaixo
TARCÍSIO SILVA - contrabaixo

Data: 03/4/2012 - 3ª feira
Horário: 20h30min
Local: Midrash Centro Cultural
Endereço: Rua General Venâncio Flores, 184 - Leblon
Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21) 2239-1800
Ingresso: 20 reais

Repertório: o trio de contrabaixos tocará um repertório jazzístico.

Detalhes: http://www.midrash.org.br/programacao/musica-gravissimo-bass-ensemble/606

Notícia postada no site www.acheconcursos.com.br

O Governo do Estado do Amapá, através da Secretaria de Administração, torna público aos interessados que realizará concurso público de provas e títulos, para provimento de 1.492 vagas e formação de cadastro reserva em cargos da Secretaria estadual de Educação.

Oportunidades para candidatos de nível médio e superior, com salários de até R$ 2.643,08. Foram publicados 3 editais, que reservam 5% das vagas aos candidatos portadores de deficiência.

Um dos editais oferece 1.339 vagas para cargos de Professor Indígena 1º ao 5º ano(61), Professor Indígena Cultura Indígena(09), Professor Indígena Língua Materna(14), Professor de Artes(89), Professor de Biologia(64), Professor de Ciências(75), Professor de Educação Especial(98), Professor de Educação Física(109), Professor de Ensino Religioso(06), Professor de Filosofia(39), Professor de Física(41), Professor de Geografia(71), Professor de História(73), Professor de Espanhol(77), Professor de Francês(68), Professor de Inglês(93), Professor de Português e Literatura(153), Professor de Matemática(113), Professor de Canto Lírico(01), Professor de Clarinete(02), Professor de Contrabaixo Acústico(01), Professor de Co-Reperidor(02), Professor de Fagote(01), Professor de Flauta Doce(01), Professor de Flauta Transversal(01), Professor de Oboé(01), Professor de Percussão(01), Professor de Piano(05), Professor de Saxofone(01), Professor de Trombone(01), Professor de Trompa(01), Professor de Trompete(01), Professor de Viola(01), Professor de Violão(02), Professor de Violino(03), Professor de Violoncelo(02), Professor de Química(62) e Professor de Sociologia(37).

Um segundo edital oferece 110 vagas para cargos de Pedagogo(81), Técnico em Informática Educativa(18), Nutricionista(01), Assistente Social(02), Psicólogo(03), Fisioterapeuta(02), Fonoaudiólogo(02) e Biblioteconomista(01).

Já o terceiro edital conta com 43 vagas para Auxiliar da Administração(30), Instrutor de Acordeon(01), Instrutor de Baixo Elétrico(01), Instrutor de Flauta Doce(01), Instrutor de Piano(06), Instrutor de Saxofone(01), Instrutor de Trompete(01) e Instrutor de Violão(02).
Inscrições

As inscrições devem ser realizadas pela internet, no site www.universa.org.br, no período entre 21 de março e 23 de abril de 2012. A taxa de inscrição custará entre R$ 48,00 e R$ 72,00.
Provas

As provas objetivas serão aplicadas nas datas prováveis de 23 e 24 de junho e 08 de julho de 2012, dependendo do cargo pretendido, como consta nos editais em anexo.

Os locais e os horários de aplicação das provas serão publicados no Diário Oficial do Estado do Amapá e no endereço eletrônico http://www.universa.org.br

O prazo de validade do presente concurso público é de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final do concurso público no Diário Oficial do Estado do Amapá, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Para ler o Edital, clique aqui.

Notícia postada no site www.concursoemcurso.com.br

"A Fundação Municipal de Cultura da cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, oferece 98 vagas de nível médio e superior com salários de até R$ 2.255,42. As inscrições poderão ser efetuadas até o dia 09 de abril de 2012 pela internet.

Com administração da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Educação de Mato Grosso do Sul – FADEMS, a Prefeitura Municipal de Campo Grande anunciou o preenchimento de 98 vagas de nível médio e superior no seu quadro de funcionários da Fundação Municipal de Cultura, oferecendo salários de até R$ 2.255,42 por jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Os cargos oferecidos são de Instrumentista Musical III nas especialidades de Violino, Viola de Arco, Violoncelo, Contra Baixo de Arco, Flauta Transversal (Flautin), Oboé, Fagote, Trompa, Trompete, Trombone, Clarinete (Clarone), Saxofone Alto (Mi bemol), Saxofone Tenor (Si bemol), Trompete (Si bemol), Trombone (Vara), Bombardino (Si bemol), Tuba (Mi bemol), Tuba (Si bemol), Trompa (Fa/Si bemol), Percussão, Baixo Elétrico, Guitarra Elétrica, Tecladista e Assistente de orquestra; e Profissional de Música nas especialidades de Inspetor de Orquestra, Violino, Viola Sinfônica de Arco, Violoncelo, Contra Baixo de Arco, Flauta Transversal (Flautin), Oboé (Corn Inglês), Fagote, Clarinete (Clarone), Saxofone, Trompa, Trompete, Bombardão, Trombone (Vara), Multi-Instrumentista.

As inscrições estarão abertas até o dia 09 de abril de 2012 pelo site da FADEMS (www.fadems.org.br), sendo o valor da taxa de inscrição de R$ 60,00 para cargos de nível médio e de R$ 100,00 para cargos de nível superior.

A prova objetiva será realizada no dia 06 de maio de 2012, sendo horário e local de aplicação de prova divulgados em edital de convocação para provas que será publicado em Diário Oficial do Município, no endereço eletrônico da Prefeitura Municipal de Campo Grande (http://www.capital.ms.gov.br/) e no site da FADEMS (www.fadems.org.br).

Após a homologação e publicação do resultado final, o processo de seleção terá validade por dois anos, podendo ser estendido por mais dois anos, uma vez somente, ficando a decisão a cargo da Prefeitura Municipal. Para maiores informações sobre o concurso público da Fundação Municipal de Cultura de Campo Grande, acesse o edital clicando aqui."

Notícia postada sobre o mesmo concurso no site http://vozativamadrigal.blogspot.com.br

"Concurso para Orquestra Sinfônica Municipal de Campo Grande (OSCG)

Estão abertas e vão até nove de abril as inscrições para seleção de instrumentistas para Orquestra Sinfônica Municipal de Campo Grande (OSCG), Mato Grosso do Sul. Os salários são de R$ 2.255,42 (R$ 1.695,53 e abono de R$ 559,89), para os cargos de nível superior; e R$ 623,99 para os cargos de nível médio.

Ao todo são 30 vagas para nível superior: 10 para violino, 03 para viola, 03 para violoncelo, 03 para contrabaixo, 02 para flauta, 02 para fagote, 02 para clarineta, 02 para trompa, 02 para oboé e 01 vaga para multi-instrumentista. Para o nível médio, 06 vagas para violino, 02 vagas para viola, 02 vagas para violoncelo, 02 vagas para contrabaixo, 01 para flauta, 01 para fagote, 01 para clarineta, 01 para trompa, 01 Trompe, 01 para trombone e 01 para assistente de orquestra.

Confira aqui edital do concurso, ou pelos sites da FUNDAC/PMCG e da orquestra:
http://www.fadems.org.br/downloads/editais/133163999237/102c730b1e3dd6412e18280bf0a1b696.pdf

Criada em 2006, a OSCG desenvolve intensa atividade em Mato Grosso do Sul e já se apresentou com grandes solistas brasileiros e estrangeiros dos EUA, Itália, Coreia do Sul, Argentina, Suíça, Canadá, Paraguai, Bolívia e Uruguai, tendo executado várias primeiras audições.
Além disso, seus grupos camerísticos realizam intercâmbios em vários países da América Latina, tendo participando de festivais internacionais na Bolívia, Paraguai, Argentina e Chile.

A atuação da orquestra valoriza a música regional de Mato Grosso do Sul, com concertos que utilizam a viola caipira, ou viola brasileira, e a Viola de Cocho, e com parcerias com importantes nomes da mú­sica po­pular do estado."