Notícia postada no site http://agendalx.pt

Recital de Violino e Contrabaixo – Solistas da Metropolitana
Diana Tzonkova – violino | Ercole de Conca – contrabaixo
Data: 28 de Outubro de 2011, 6ª feira

Horário: 13h 

Metropolitana – Concertos à Hora de Almoço
#
A Metropolitana, em colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa e a EGEAC, preparou para Setembro a abertura de dois ciclos de concertos à hora do almoço. Todos os meses, de Setembro a Junho, os Solistas da Metropolitana apresentam um ou dois concertos de música de câmara à hora do almoço. Os programas são variados e ultrapassam barreiras do tempo e dos estilos dando a conhecer ao público uma verdadeira diversidade musical.

Postado no site http://www.metropolitana.pt

Ercole de Conca 


Nasceu em Itália e formou-se no Conservatório Estatal, completando os seus estudos com Francesco Petracchi no Conservatório de Genebra. Participou em masterclasses internacionais com o mesmo professor em Sermoneta (Itália), com F. Muzzi em Anzio (Itália) e com L. Streicher no Estoril (Portugal). De 1992 a 1994 foi membro titular da Orquestra Sinfónica Portuguesa.
Desde 1994, é chefe-de-naipe alternante na Orquestra Metropolitana de Lisboa. Colaborou com a Orquestra Sinfónica do Porto e, na qualidade de chefe de naipe, com a Royal Liverpool Philharmonic Orchestra (Inglaterra), com a Aalborg Symfoniorkester (Dinamarca) e a Orquestra Sinfónica de Galicia.
Paralelamente à atividade orquestral, atua regularmente como solista e músico de câmara. O seu repertório inclui, juntamente com o repertório standard para contrabaixo, uma série de transcrições por si feitas de obras como Árias Ciganas (P. Sarasate), Variações Rococo (P. Tchaikovsky), Rapsódia Húngara (D. Popper), Danças Romenas (B. Bartók), vários trios com piano de Rachmaninov, Chausson e Smetana, a Sinfonia Concertante de Mozart, entre outras.
Foi convidado várias vezes por orquestras portuguesas e estrangeiras na condição de solista. Entre estas performances, destaca-se o Divertimento Concertante de N. Rota, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida por D. Epstein, e a primeira execução mundial do Concerto para Contrabaixo e Orquestra de Emil Tabakov, dirigida pelo próprio compositor.
Desde 1994, é membro do Quarteto Rossini, um ensemble de música de câmara frequentemente alargado a outros formatos, com o qual exerce uma intensa atividade por todo o País. Desde 1994, leciona Contrabaixo e Música de Câmara na Academia Superior de Orquestra, em Lisboa, tendo vários dos seus alunos ganho concursos para integrar orquestras portuguesas. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

« »