Um tigre era pouco pra falar de um bicho tão grande e assustador… Era um tigrão.
De onde eu estava dava pra ter uma ideia do tamanho do bicho. Eu estava no escuro e havia alguma luminosidade difusa em cima dele, que não o clareava nem definia, mas que tornava os seus contornos cada vez mais assustadores.
De repente, ele se vira de costas e começa a andar em direção contrária até ficar mais longe. Logo, ele resolve voltar, lentamente e em passos pesados cada vez mais aterrorizantes… Vem chegando mais perto, mais perto, mais perto… Gritos. Eu grito… Muitos gritos… O tigre fica sob as duas patas traseiras e vai atacar quando, de repente, um zíper se abre e de dentro dele saem duas delicadas bailarinas. Aplausos aliviados. As luzes do circo se acendem e termina mais esse espetáculo…
Licença Creative Commons
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

« »